NASA CP Basic Principles Book
Indice ROCarneval

PB_00 - Capítulo 5 - Análise de Fase - Página 5-056

traduzido do livro: https://ntrs.nasa.gov/citations/19780078298


Na análise de fase, a indicação de saída geralmente é obtida na bobina secundária, conforme mostrado abaixo.

sonda dupla   



A bobina primária (P1) é usada para aplicar um campo magnético à barra. Este campo induzirá correntes parasitas na barra e também induzirá correntes na bobina secundária (S1). O fluxo de correntes parasitas na barra irá gerar um campo magnético que afetará as bobinas primária e secundária. O fluxo de corrente resultante na bobina secundária (S1) é, portanto, o resultado do campo da bobina primária, das correntes parasitas e da impedância da bobina secundária.

resposta do ensaio em um osciloscópio






Na figura acima, a corrente da bobina secundária é passada por um resistor. Você aprendeu que um fluxo de corrente através de um resistor irá gerar uma voltagem através do resistor.
Esta tensão (V) será o produto da corrente (I) e o valor do resistor (R).
Ou V = IR. A tensão através do resistor pode ser aplicada a um osciloscópio (CRT) para observação. Esta voltagem está:

...... Fora de fase da corrente através do resistor.

...... Em fase com a corrente através do resistor.






ÍNDICE





pag anterior
pag seguinte