NASA CP Basic Principles Book
Indice ROCarneval

PB_00 - Capítulo 5 - Análise de Fase - Página 5-049

traduzido do livro: https://ntrs.nasa.gov/citations/19780078298


Passamos rapidamente por várias ideias para que você pudesse ver como essas idéias estão inter-relacionadas. Agora vamos detalhar essas idéias em pedaços menores. Ao fazermos isso, tenha em mente que nosso objetivo é entender o que vemos na tela do aparelho (antigamente, osciloscópio, ou tubo de raios catódicos, em inglês CRT).


  determinação do ângulo de fase 



A impedância é a oposição total ao fluxo de corrente e é composta por duas componentes:  a resistência da bobina (R) e a reatância indutiva da bobina (XL). Por causa das relações de tensão desses dois valores, podemos representar os dois valores em um gráfico e mostrar que eles estão separados por 90 graus. A impedância real de um circuito é uma combinação desses dois valores.

Uma maneira de determinar a impedância é calcular o valor. Esta fórmula é baseada nas relações dos lados de um triângulo retângulo, conforme mostrado acima.

Outra forma é localizar o valor dado da reatância indutiva na escala vertical do gráfico e o valor dado da resistência na escala horizontal. O valor ema escala vertical é então estendida para a direita enquanto o valor na escala horizontal é estendido para cima. A intersecção das duas extensões nos dá um ponto. Uma linha desenhada deste ponto ao início das escalas vertical e horizontal (ponto 0) nos  o valor real da impedância. Essa linha pode ser relacionada a uma escala que nos dá o valor real da mesma forma que o valor calculado era um valor real.




Observe na figura acima que os três valores formam um triângulo com ângulos. 
Observe também qual ângulo é chamado de ângulo de fase. Você acha que este ângulo mudará se a impedância mudar? 

...... Não.

...... Sim.





ÍNDICE





pag anterior
pag seguinte